Obrigatório envio de Nota Fiscal

      Integrar e incluir socialmente visando obter conhecimentos relativos ao desenvolvimento nacional e, também, disponibilizar serviços de qualidade que correspondam às expectativas dos seus clientes. Esse foi o objetivo da empresa Correios, originada em 25 de janeiro de 1663, oferecendo desde então soluções para os mais variados tipos de problemas referentes às necessidades de comunicação empresariais e institucionais.

      Para tal fim, a apresentação de nota fiscal nas encomendas pelos Correios tornou-se obrigatória, desde o dia 2 de janeiro de 2018, com o intuito de atender às exigências dos órgãos de fiscalização tributária, pois já determinam que o transporte de qualquer mercadoria sujeita à tributação deve ocorrer com a nota fiscal. Sendo assim, as encomendas sujeitas à tributação serão aceitas nas agências dos Correios apenas mediante a documentação por nota fiscal. E, para os demais produtos que não estão sujeitos à tributação, o remetente deverá fixar na parte externa da encomenda uma declaração de conteúdo disponibilizada no site do Correios. Vale a pena lembrar que, essa regra é específica à circulação de mercadorias em território nacional e que na declaração conteúdo deve conter informações relacionadas ao produto como nome do produto, quantidade e peso. A etiqueta informativa deverá ficar na parte exterior da caixa de forma visível. Esta exigência visa facilitar a inspeção por parte do fiscal tributário, que poderá conferir a documentação sem realizar a abertura da encomenda.

      A empresa faz-se esclarecer que a obrigatoriedade de apresentação da nota fiscal é uma exigência dos órgãos de fiscalização tributária e que todos os transportadores brasileiros são impedidos de transportar mercadorias sem apresentação de documento fiscal ou declaração de conteúdo. Essa medida é regida pela legislação sobre o transporte de mercadorias fundamentadas pelo Convênio S/Nº, de 15 de dezembro de 1970, que tem por objetivo a obtenção e permuta de informações de natureza econômica e fiscal entre os signatários assim como, a simplificação do cumprimento das obrigações por parte dos contribuintes.

Rastreamento pelo CPF é a novidade dos Correios

Como forma de garantir mais funcionalidade e agilidade ao usuário, os Correios lançaram no início de 2018 o serviço gratuito de rastreamento de encomendas através do número do CPF ou CNPJ. Para utilizar esse serviço, o cliente deverá fazer um cadastro prévio no site da empresa e inserir um Login e Senha. E depois, no momento da postagem, o usuário deve informar os números do CPF ou CNPJ do remetente e do destinatário.

O novo serviço dispensa a antiga obrigatoriedade do cliente de rastrear suas encomendas informando o código/ protocolo de cada uma delas. Agora, o usuário terá acesso a informações de todas as suas encomendas com o mesmo cadastro, seja ele o remetente ou o destinatário. E poderá acessá-las a qualquer momento, o que vai facilitar a vida de pessoas que compram ou vendem muitos produtos pela Internet.

A ferramenta foi criada com o intuito de melhorar e facilitar a experiência de quem utiliza o serviço de entrega em todo o país. Com esse cadastro, o cliente poderá rastrear cartas e também objetos (sejam mercadorias compradas ou de uso pessoal) pelo site da empresa. Tudo o que for associado ao CPF ou CNPJ do usuário que fez o Login, será exibido na tela do computador.

blo336 blo336

Modernização de um legado

Na Era da Informação, empreender requer a capacidade de absorver os múltiplos conhecimentos tecnológicos afim de manter-se constantemente sincronizados com o público-alvo e outras atividades. Uma prestadora de serviço de escala nacional como os Correios, e única no ramo de entregas brasileiro desde sempre, precisa dessa contínua atualização de seus serviços para estar mais próxima de seus consumidores.

Ser a única empresa no ramo exige um empenho muito grande em ofertar o melhor e continuar sendo a melhor. A previsão é que neste 2018 as encomendas superem as entregas de cartas, um prognóstico que há alguns anos vem se consolidando por causa do comércio virtual, cada vez mais presente no cotidiano. Essa adaptação ao universo do e-commerce faz com que os Correios tenham um fluxo muito grande de entregas.

A ferramenta de rastreio do objeto é anterior a este panorama e tornou-se muito útil tanto para remetente/destinatário quanto para a própria empresa, pois, de um lado, gera mais confiança do consumidor porque este pode acompanhar todas as etapas até o destino final, e, de outro lado, a empresa recebe o feedback positivo ou negativo. É uma ferramenta de fiscalização e de segurança para o consumidor.

Retirar sua encomenda em um armário em uma rua

Em um momento de grande evolução tecnológica e da comunicação em geral, os serviços postais não ficaram para ultimo plano no Brasil. A  necessidade de comunicação e transportação por meio de serviços postais é um fator essencial  e de alta importância para a população brasileira, desta forma a empresa segue participando da vida de milhares de pessoas todos os dias, transportando, informando e trazendo a maior satisfação para os usuários dos seus serviços.
No Brasil os Correios são a empresa responsável  por cuidar e tratar de todo esse procedimento, desde o ano de 1663, e de lá pra cá vem criando e disponibilizando serviços de qualidade que correspondam às expectativas de todos os seus clientes. Um desses  grandes recursos o mais recentes é o rastreamento em tempo real. De acordo com o Correio de Brasília, eles pretendem investir mais vinte milhões para distribuir celulares para seus profissionais nas ruas. Com isso, eles poderão usar a localização GPS dos aparelhos eletrônicos para ter informações em tempo real de onde está a encomenda, desta forma os funcionários não terão mais que voltar para a central para conseguir atualizar o status da entrega e consultar  qualquer tipo de mercadoria.

Outra novidade bem interessante  que anunciaram é que a empresa pretende  adotar um  sistema chamado de “lockers”, bem usado por outras empresas fora do país. O método se trata de armários espalhados pelas ruas  da cidades que só podem ser abertos pelo destinatário da tal compra. Dessa forma você faz a compra por meio digital como de costume, e define um “locker” para a entrega, assim pode retirar o item onde achar mais viável.

A empresa está se preparando e transformando seus serviços para focar cada vez mais em rapidez e tornar mais eficiente à entrega de encomendas. se empenhando para trazer novas modalidades de entrega, que prometem nos dar opções muito mais atraentes e facilitar o processo  de  compras.

tabeladelinks200